quinta-feira, 3 de Julho de 2014

Sabem que nós somos tão à frente que agora até já temos uma página de Facebook? Ah pois é, bebé!!!

https://www.facebook.com/pages/Ou-estou-gr%C3%A1vida-ou-tenho-diabetes/571954456192021?fref=ts

Isto assim até parece feio mas se vos deixar aqui a fotografia da capa já acham mais graça, verdade?


Epáááááááá!!! Há anos que não vinha aqui! Já cá volto!

terça-feira, 28 de Agosto de 2012

O parque infantil

Há um parque infantil por onde passo todos os dias que se tornou uma incógnita para mim... É um parque infantil normal, igual a tantos outros, que deveria estar cheio de crianças e avós... mas não!

Está todo o ano fechado, sempre com um aviso de que se encontra encerrado por não cumprir as normas de segurança. Até aqui ainda compreendo, que se encerre o parque por constituir um perigo para as tais criancinhas e avós, agora que esteja encerrado há anos e que todos os anos, por esta altura, façam lá obras e a seguir o encerrem novamente é que eu já não compreendo!

Cá "pra" mim aquilo é lavagem de dinheiro...

domingo, 15 de Julho de 2012


LittleGirlBlue: "Era o T., lembras-te dele? Um rapaz simpático, assim grande, alto!"
P.: "Sim, sim, estou a ver quem é! Realmente era um rapaz bem incorporado!"


(by P. Estiveste muito bem, amiga! Ehehehehhhhhh!)

domingo, 22 de Abril de 2012

É por estas e por outras...

Por causa de senhores como estes do vídeo que aqui vos apresento, quando era miúda queria ser guitarrista! Queria ter uma guitarra eléctrica! Depois da guitarra elétrica quis ter um saxofone mas isso já daria outra história… Ora, fartei-me de pedir aos meus pais para me oferecerem uma guitarra eléctrica mas, dado que o meu irmão queria uma bateria e não vivíamos propriamente num monte alentejano em que os únicos seres que poderíamos incomodar seriam umas galinhas ou uns patos, os meus pais acharam por bem oferecer um mini-piano eléctrico ao meu irmão e a mim uma guitarra acústica com a promessa de que a elétrica viria quando soubesse tocar bem com a acústica… Aqui foi outro drama porque eu queria uma guitarra acústica igual à do Bob Dylan… Os meus paizinhos, cheios de paciência, lá me explicaram que a do dito senhor (a guitarra, entenda-se) era muito cara e por isso é que só ele é que tinha uma. Acatei mas… passei a obrigar toda a gente lá em casa a ouvir “guitarradas” a toda a hora! Quanto mais electrificadas melhor! Quanto mais alto melhor! Depois fui ter aulas de viola… Não me peçam para tocar, por favor! Deliciem-se com o vídeo e deixemos os “bons” fazerem o que melhor fazem! Senhoras e senhores, John Lee Hooker, Eric Clapton e The Rolling Stones!!!

quinta-feira, 22 de Março de 2012

Manifesto Anti… Anti… Anti tudo, pronto!



Meus Fofos, a Bluedressed vem fazer um manifesto. Assim como Almada Negreiros assinou o seu, lá por causa do outro que dizia mal deles, também eu assino o meu e vou chamá-lo… Manifesto da Má Índole e da Preguiça. Sim, isso mesmo.
Sabem como eu sou, insurjo-me contra tudo e contra todos, mais pareço uma sirene daqueles carros antigos de tanto que ronco. Má Índole porque… porque… por causa das más condutas e comportamentos reprováveis (do meu ponto de vista) e da Preguiça por causa de coisas que as pessoas dizem que não querem fazer só porque acham que, se uma gaja lhes diz olá, já quer casar com eles! Um nojo, reprovável e, sinceramente, enquanto gaja, para além de achar completamente castrador, acho uma afronta contra a minha pessoa, pois nem sequer consigo demonstrar que estou-me nas tintas para filhos e o cacete!
Sabem a que é que isto pode levar, meus Fofos? Claro, a comportamentos desviantes, da minha parte. Desviantes daquilo que é a minha conduta e as minhas características. Conclusão: ide-bos tudos lixare que é para não começar a gozar com esta m***a toda ou então desatar a chorar, de tanta raiva!
Morte ao Dantas, Pum! Ou o que lá o que ele diz!

quinta-feira, 9 de Fevereiro de 2012

Matemática gay

Algures num restaurante deste país...
"Ora, Portugal tem 10 milhões de habitantes. Nós somos 10%, logo, somos 1 milhão. Se nos centramos nas pessoas da nossa faixa etária (30-40), e excluirmos as restantes, somos para aí uns 50, 60. Com a internet, é natural que nos conheçamos a todos.".

A música brasileira veio mais tarde, com o terceiro jarro.

sábado, 4 de Fevereiro de 2012

Wanna talk about nonsense?


Nonsense, meus Fofos, é uma gaja seguir 300 mil blogs de culinária, achar uma ideia espetacular mas não perceber um cu de como se faz, de tão mau que é o português. Isso é muito... fora!

sábado, 28 de Janeiro de 2012

E quando o pessoal ainda diz asneiras para se afirmar, isso é? Sinal de que és a pessoa mais velha na sala...

segunda-feira, 16 de Janeiro de 2012

Covers forbidden


Meus fofos,

Desde quando há música? Desde quando o homem percebeu que, chocando duas pedras, produz não só lume mas também som? Há muito tempo, meus Fofos, há muito tempo. Então, pergunto eu, por que é que tudo o que é artista falhado pega no ‘One’ e no ‘Englishman in New York’?
Por favor, artistas deste mundo, esqueçam que estas duas músicas existem! Já não aguento mais!

segunda-feira, 9 de Janeiro de 2012


Ô já na o tô vende. Alevanta aí só mais um becadinhe… Ah! Olhã! ‘Tá ali, afinal vai ali, ele. Corre, corre, Geralde, c’aínda o apanhãs!

Sou um bocadinho burra... só um bocadinho!!!

É só para vos informar que acabei de apagar uma carrada de comentários aqui do blog... não sei se estou grávida ou se tenho diabetes mas uma coisa é certa: burra estou com certeza!!! Muito burra mesmo!!! Portanto, depois de me chamar nomes e de pedir desculpa a quem comentou no nosso "menino" nos últimos tempos, só me resta pedir que... comentem outra vez!

terça-feira, 27 de Dezembro de 2011

Oh patroa, adianta aí uns trocos!


A espera ia ser longa, embora a tarde mal tivesse começado. A Bluedressed, escaldada da experiência do Natal passado, dirige-se à loja e retira a senha. Olha para o número. 100 pessoas à frente. Por se encontrar num centro comercial, não se incomoda e decide ir dar as restantes voltas. Regressa volvidos 20 minutos: 40 números passaram. “Não faz mal”, pensa, “ainda tenho coisas para ver”. Uma hora depois de ter retirado a senha, volta. Ah! Faltam apenas 6 números. Decide esperar. A pessoa com quem estava comenta que são a seguir. De repente, uma senhora começa a falar com a pessoa que acompanhava a Bluedressed. O seu número é chamado e avança. À saída, a companhia da Bluedressed diz o seguinte: “Aquela senhora queria que eu lhe comprasse ******** (conteúdo a explicar mais à frente) e disse que depois me dava o dinheiro.”.

A estupefacção foi unânime. Meus senhores, quereis saber o que ela pedia? Café, meus senhores, café. E onde estávamos nós? Na loja chiquíssima e pseudo-elitista de compra de cafés, seus acessórios e afins. É verdade. Também se pedincha lá. E, a avaliar pela postura da senhora em questão, estou em crer que enchia um carrinho à pala do “só quero uma caixa, não tenho aqui dinheiro mas dou-lhe já a seguir”. Digo eu. Ensinou-me a minha avozinha que quem não tem dinheiro não tem vícios. Eu sei que, secalhar, sai mais barato comprar café do que tratar a recassa que ele provoca, mas eu preferia que me dissessem: “Oh patroa, adianta aí uns trocos para eu comprar 10 unidades de arpeggio.”. Assim, eu sempre poderia retorcer os olhos e argumentar: “C’órror! O Rosabaya da Colômbia é muito melhor!”. Ao menos era uma pedinchice com mais nível, digo eu.

sexta-feira, 16 de Dezembro de 2011

Concurso de idosas

Acabei de passar por isto...

Esqueletos cabeçudos - parte II

O prometido é devido! Por isso, aqui vai a fotografia que vos queria mostrar e não encontrava. (Roubei-a do blog "O Blogue Rosa Cueca", http://www.rititi.com/, que também dá a sua opinião muito bem dada sobre este assunto!

p.s. - Nobre Sandra (http://nobresonho.blogspot.com) já podes ver do que falamos! Yaarrrrgggghhhhhhhhhhhhhhhhhh!!!

sexta-feira, 9 de Dezembro de 2011

Esqueletos cabeçudos...

Então os senhores publicitários duma campanha de lingerie duma marca conhecida (a Triumph, estão a ver?), esqueceram-se de usar o photoshop também na cabeça das miúdas?!

É que não sei se já repararam nos outdoors que por aí pululam, mas "emagreceram" tanto as pobres raparigas e deixaram-lhes a cabeça sem "tratamento" que as moças estão completamente desproporcionadas!

Em vez de gajas giras em cuequinha e soutien, parecem esqueletos cabeçudos! Por favor... Que manias tão parvas! Meus amores, as pessoas quando emagrecem assim tanto como nos querem fazer crer que aconteceu a essas raparigas, emagrecem em todo o lado, não ficam com aqueles cabeções!

Promovam mulheres saudáveis, com corpos bonitos! Não estes esqueletos mal feitos, desproporcionados, com cabeças gigantes e ridículas!

Duas coisas vos digo:
1ª se as miúdas não levaram "um banho" de photoshop, por favor, alguém que as leve para o hospital porque não duram muito mais tempo!
2º se para usar roupinha da marca for preciso um corpinho doente daqueles, prefiro comprar os soutiens na "retrosaria fina" da Dª Alda aqui da rua!

P.S. - Ainda não encontrei uma fotografia do outdoor com os esqueletos andantes mas quando arranjar prometo que vos venho aqui mostrar!

quinta-feira, 20 de Outubro de 2011


- Ê disse-te que iste ia ser perigose… Cain, cain, cain…
- Cala-te, cão, agarra-me aí as mêas qu’esta merda abriu-se toda… merda pós fêches…
- (Dz qué ds fêchs… tu é que t’achas a Mare Poppns)
- Qu’é que tás dizende? A minha tia não é pr’aqui chamadã!

Então mas… é só isso? É só…


Meus Fofos, a Bluedressed (sim, Bluedressed, eu… uma das duas… are you with me?) está um bocadinho assim a modos que… nem sei explicar bem como. Vou mas é dizer o que aconteceu para me pôr assim.

Estávamos a falar de certas e determinadas coisas, em contexto de grupo e tal, e às tantas perguntam quem dos presentes tem um blog. Só eu e outra moça é que tínhamos. E eu lá estive a explicar, meio encavacadamente e contra o que se queria ouvir, que o blog, o nosso mais que tudo, não era propriamente daqueles grandes hits de partilha, perdão, arrotos científicos. Mas, olhem, a vida é mesmo assim e eu já não estou para andar a falar com notas de 500… até porque na prática não dava mesmo, não é verdade? E quem anda à chuva molha-se, eu tenho uma lista interminável de blogs pouco pseudointelectuais que sigo mas é mesmo essa a intenção. E espero que a LittleGirlBlue e eu estejamos a conseguir, ao longo deste tempinho. Eu cá tento cumprir o meu papel, mais ou menos idêntico ao Zangado da Branca de Neve e os 7 Anões: refilona, inconformada, moralista e sempre a distorcer a realidade. Ah e, claro, com a mania que é engraçadinha. E que sabe escrever bem.

Por isso, meus Fofos, anuncio aqui que vou criar um outro blog. Bai bersar, sobre e simultaneamente, mecânica quântica, o fenómeno nacionalista na História da Música e o “laissez faire, laissez passer”. Tudo isto, ãh, tudo isto. Preparem-se porque vão ver estilhaços, muitos estilhaços! Uuuuhhhh!

quarta-feira, 12 de Outubro de 2011

Do Paris-Dakar... em Benfica!

Haverá lá coisa melhor que acordar às 5:10 da matina com um gajo armado em Fangio (nem sei se este senhor era piloto do Dakar e muito menos se o seu nome se escreve assim mas como sempre ouvi o meu irmão dizer que queria ser como ele...) na rotunda da rua onde se vive, dois metros à frente da janela do quarto onde eu tentava dormir?! Não há! Que eu sei que não há!!! É que não pode haver!...

Mas, meu amigo Fangio, esta rotunda não é a Cordilheira dos Andes! 'Tá bem que há árvores mas daí a ser algum vestígio de selva... também há animais mas... calma!!! De certeza que não viste público... nem à chegada nem à partida! Porque terá sido? Se calhar por que estava tudo a dormir, não???!!!

Espero que te tenhas divertido e para a próxima vai fazer isso lá para o teu bairro, 'tá?

Muito agradecida!

P.S.1 - Aviso-te que se tentas a mesma brincadeira mas de mota, és capaz de "tropeçar" em alguma coisa na segunda voltinha que deres à rotunda!

P.S.2 - Toma lá outro conselho e não digas que vais daqui de mãos a abanar: um camião deve capotar nesta rotunda... só pra que saibas!...